CURSO de Línguas Online e Gratuito !

terça-feira, 14 de agosto de 2007

12 Pecados Catipais do Currículo


Fonte: Resvista Você s/a - Edição de Agosto

Todos os dias, a Gutemberg Consultores recebe um grande número de currículos. Os profissionais enviam pelos mais diferentes motivos: a busca de uma nova colocação, a insatisfação no emprego atual, o desejo de ascensão a novas posições, o medo da perda repentina do emprego em função do cenário de mudanças constantes e o desejo de não seguir a empresa em sua mudança de cidade ou estado, entre outros. O perfil dos candidatos varia muito.
Eles fazem parte dos mais diferentes segmentos de mercado e posições hierárquicas. Apresentam carreiras distintas e possuem formação universitária, do bacharelado ao Ph.D. Uma análise desses currículos, mesmo que superficial, revela pelo menos doze pecados capitais.
Dependendo do profissional, eles podem ser suficientes para prolongar sua permanência no purgatório da busca por um novo emprego ou mesmo lançá-los diretamente no inferno do desemprego. Os 12 pecados capitais na hora de preparar o currículo são:


1- Cometer erros de português, gramática ou ortografia, entre outros. Se um profissional não consegue escrever corretamente seu próprio currículo, como poderá elaborar uma carta proposta, um contrato ou uma apresentação sem erros?


2- Dar sinais excessivos ou irreais de performance. Alguns candidatos exageram na dose ao descrever suas realizações. Não será nada improvável alguém estranhar o fato de um candidato tão bom ter sido demitido e conseqüentemente estar tanto tempo desempregado.


3- Mentir. Há mentiras sobre formação acadêmica, resultados obtidos pela equipe sob a gestão do candidato, posições que ocuparam e nível salarial atual. Se o entrevistador descobrir a mentira, fatalmente o candidato estará eliminado do processo de seleção.


4- Usar chavões. Hoje, no mercado de trabalho brasileiro, os entrevistadores não se impressionam mais com palavras ou expressões batidas como: sólida formação acadêmica, ampla experiência, desafio profissional, etc. Fuja do lugar comum.


5- Objetivos obscuros. Um dos fatores mais importantes na elaboração de um currículo é a forma com que o candidato informa seus objetivos. Ela deve ser feita de maneira pensada, estruturada, clara e convincente.


6- Perder-se em detalhes superficiais e desnecessários. A elaboração do currículo exige muitas horas de trabalho e de avaliação sobre quais são aquelas informações vitais ao seu enriquecimento.


7- Plagiar o currículo de outro profissional. Um currículo excelente, em geral, é original. Portanto, evite o plágio. O recrutador especializado costuma perceber facilmente quando isso acontece e não pensa duas vezes antes de mandá-lo para a lata do lixo.


8 - Reproduzir a própria descrição de cargo. O currículo deve realçar as realizações pessoais de maneira clara, organizada, lógica e simples. Reproduzir simplesmente a própria descrição é um erro imperdoável


9- Indicar a pretensão salarial. Esse é um assunto de natureza confidencial. Não raro, muitos profissionais perdem excelentes oportunidades de trabalho porque manifestam a sua pretensão salarial antes mesmo de serem entrevistados pela empresa


10- Assinar o currículo. Não é uma boa prática assinar ou rubricar o currículo. Pior ainda é acrescentar um termo de responsabilidade pelas informações fornecidas.


11- Anexar foto. Mesmo solicitado em anúncio, deve ser evitado por tratar-se de instrumento da legislação referente à discriminação .


12- Descrever sua personalidade. É perda de tempo ressaltar traços do tipo boa comunicação, boa apresentação, facilidade em liderar e relacionar-se com pessoas, etc.


Eles serão certamente observados na interação com o entrevistador O currículo é o passaporte que permitirá a você receber ou não o chamado de uma empresa para uma entrevista e, conseqüentemente, ser o escolhido ou o preterido. Portanto, prepare-o com muita atenção e esmero.


Não desperdice a oportunidade de causar a primeira e única boa impressão. Lembre-se do que nos ensina a velha sabedoria chinesa: "Quem sabe ler o livro sem palavras da vida deve ser capaz de escrever linhas impressionantes. Quem compreende a verdade que é difícil exprimir por palavras está qualificado a captar a mais elevada sabedoria"


(Você S.A)

Nenhum comentário:

Postar um comentário