CURSO de Línguas Online e Gratuito !

sábado, 18 de julho de 2009

JORNAL A TARDE


DESPERDÍCIO DE DINHEIRO:

Na manhã deste sábado a população soteropolitana acordou tomando conhecimento através da primeira página do Jornal A Tarde, impresso de maior circulação no estado, que um equipamento de medicina nuclear, destinado a exames de alta complexidade, adquirido no intuito de beneficiar a população de baixa renda , está encaixotado há três anos em uma sala do Hospital Universitário Professor Edgar Santos.

A denúncia deixou os baianos indignados e já é comentada por todos. Nas ruas, nos pontos de ônibus e até nos supermercados este é o único comentário, já que estamos falando de um aparelho que custou R$540 mil e pode ser usado para vários diagnósticos , entre eles a verificação de ocorrência de metástase no osso, em pacientes com câncer de próstata.

O HUPES, mas conhecido pela população como Hospital das Clínicas da Universidade Federal da Bahia, atende diariamente milhares de pessoas da capital e do interior e de acordo com a reportagem a solução encontrada pela direção do hospital foi direcionar os pacientes para outras unidades médicas com mais recursos.

Ainda de acordo com o Hospital; o motivo do aparelho estar parado a tanto tempo é a falta de recursos para adaptar o espaço que deveria comportar o equipamento, motivo este que causou uma revolta maior da população, visto que para muitos esta é considerada uma desculpa absurda e sem lógica alguma.

“ Se não tinham estrutura, porque comprou”?? Esta é a dúvida todos.

Segundo o jornal a solicitação da verba para estruturar o local onde o aparelho irá se comportar, foi encaminhado à Secretária de Saúde do Estado da Bahia ( SESAB ) , no ano de 2006, mais até hoje nada foi resolvido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário